Pular para o conteúdo

Disciplina do prazer

Nem mesmo o ultimo gole do suco de maracujá conseguiu me acalmar. As palavras dele ainda dançavam em minha mente me fazendo suar de nervoso.

“Quero minha menina de minissaia plissada camisa branca,sapatilha bailarina e pouca maquiagem, sua lingerie intima quero que use branco para contraste com sua pele bronzeada. Quero ver aquela calcinha branca encharcada de seus fluidos como primeira visão para meu deleite…”.

Dou um longo suspiro me perco olhando as pessoas no aeroporto, o stress ao meu redor parecia um mundo distante do meu mundo de deliciosas sensações a espera dele. Pensei em pedir outro suco, mas logo meu celular vibra e atendo. E ele:

– Ola minha doce garotinha. Meu coração acelera suspiro com sua voz forte do outro lado da linha._ Delicia te admirar ali, indefesa, me esperando. Suas pernas estão deslumbrantes nesta minissaia, me arrependi de tal exigência vendo os olhares alheios em ti, enlouquecendo de ciúmes a cada olhada alheia desejando o que me pertence.

Eu logo percebo que ele esta ali por perto e me giro olhando por todos os lados. E sou pega de surpresa quando ele se senta na minha frente, com um sorriso amplo, aquela barba bem feita que o deixa tão sensual e o sorriso de seus lábios se misturam com as palavras:

– Minha menina sapeca finalmente tenho você aqui…

Dizendo isto ele alisa lentamente meu rosto, toca suavemente meus lábios com os dedos eu fico sem palavras, faço a única coisa que desejo naquele momento, chupo seus dedos, lambo, faço tudo naturalmente, que as pessoas ao nosso redor mergulhadas em  seu stress cotidiano nem percebem meu gesto tão indecente e sensual. Ele sorri, pega minhas mãos geladas entre as suas e as beija. Antes que eu dissesse algo à garçonete se aproxima e pergunta se queremos algo, ele logo faz o pedido. Uma taça de vinho para ele e para sua menina outro suco, afinal ela não pode beber. Quando a garçonete sai consigo formular uma frase depois destes longos minutos.

– Olá Senhor, estou feliz por encontrá-lo. Ele sorri e com sarcasmo me diz:

– você só esta feliz garotinha? Eu estou excitado ao extremo. Minha vontade é transar contigo aqui nesta mesa ou banheiro da lanchonete, mas não seria o que minha menina merece, vou controlar este meu instinto animal e serei o que você precisa. Mas quero que seja sincera comigo, quero saber se você esta excitada ou está assustada?

Eu olho dentro de seus olhos por um instante logo desvio o olhar, ele ergue meu rosto segurando meu queixo, me fazendo encará-lo, eu fico sem graça, mas assim posso olhar seu maxilar largo que me enlouquece, seus lábios que me alucinam, aquela tonalidade marfim de sua camisa e a gravata preta davam um ar másculo e seguro. Respiro fundo, fecho os olhos por um segundo e respondo:

– Sim Senhor, minha calcinha está encharcada, estou ardendo de desejo…

Antes que eu pudesse terminar a frase ele se inclina até mim, beijando primeiramente minha testa e depois meus lábios de uma forma tão carinhosa que suspiro quando ele me solta. Acho que até a garçonete percebeu minha cara de menina tonta e feliz. Pois me sorriu amplamente, quando trouxe as bebidas, abaixei meu rosto sorrindo envergonhada, ele pega a taça de vinho e levanta fazendo um brinde;

– A nós minha pequena, minha menina sapeca, manhosa, linda e tão doce.

Levanto minha taça de suco, disfarçando o quanto estou tremula, ele sorri, mas não diz nada. Ficamos na lanchonete o tempo necessário para terminarmos as bebidas enquanto falamos sobre nossas vidas nestes últimos meses desde o primeiro encontro.

Depois de chamar a garçonete e pagar a conta ele empurra minha mala e segura minha mão, me conduzindo até o estacionamento, então, assim que chegamos ao seu carro ele coloca minha mala no banco de trás do carro.

E vem ate mim para abrir minha porta, mas ele me pressiona contra o carro usando seu corpo e dizendo:

– Foda-se! Controlei-me demais e minha fome de você é enorme.

Ele  envolve meu cabelo em suas mãos e invade minha boca, sua outra mão aperta meus seios, minha cintura. E sem nenhum pudor alisa minhas coxas até me tocar a calcinha, e ao perceber o quanto estou molhada pressiona ainda mais seus dedos contra meu clitóris e eu gemo em sua boca, enquanto sua ereção me pressiona. Ele continua e vendo que afasto minhas coxas automaticamente, ele afasta minha calcinha e me penetra com um dedo esfregando sua mão em meu clitóris, forço meus quadris, e ele me solta rapidamente dizendo:

– Não… eu quero que seja especial como merecemos…não será aqui. Novamente me beija e o fogo entre nos se acende, os seus dedos castigam meus mamilos a dor é tão grande que me falta ar e gemo baixinho dizendo:

– Não, por favor… não…

Ele solta minha boca, alivia a pressão nos meus mamilos, abaixa sua boca  sugando levemente com seus lábios quentes meus seios, finalizando com beijo de ternura em cada um deles voltando meu sutiã e blusa ao lugar. Ele me dá um leve beijo e ainda ofegante me abre a porta do carro, Tento me recompor. Quando ele entra no carro sua ereção e notavelmente visível através de sua calca social, Ele liga o rádio.

GEORGE MICHAEL – FATHER FIGURE

 

E sorrindo me  me diz:

– Planejei uma noite perfeita para nos dois minha linda boneca.

Dou um sorriso tímido e me concentro na musica tentando adivinhar como será o motel que ele vai me levar? Ou será que ele alugou um apartamento para estes dias? Afinal ele pegou ferias do trabalho para educar de sua aluna preferida, estou sorrindo com o trocadilho infame, mas deliciosamente pecaminoso. Ele sorri me tocando levemente as coxas durante suas manobras no transito, Sigo escutando a música e imaginando como será.

Após alguns minutos de trafico chegamos a um hotel, assim que saímos do carro ele pega minha mala e segura minha mão me conduzindo direto a recepção, me fez sentar no sofá e foi falar com o recepcionista, ele volta sem chaves logo imagino que não existe vagas, mas quando entramos no elevador logo percebo que ele já estava hospedado no hotel, mas aquele silencio dele me enlouquece. O elevador para no décimo andar e ele me faz sinal para sair, ele segue até o apto 1001 e abre a porta.

Entro um pouco assustada, Michel é de minha confiança afinal já nos conhecemos há alguns meses atrás em um seminário na minha faculdade em Pinhais. E já flertamos e teclamos por meses pelo chat até nosso reencontro aqui em Curitiba. Tantas fantasias em comum, tanto desejo.

Mas um frio ainda me percorre o estomago neste momento. Ele entra logo atrás de mim, sua respiração no meu cabelo, seu perfume amadeirado penetra-me o olfato. Ele diz no meu ouvido:

– Finalmente você será completamente minha Anita.

Feche seus olhos. Dou uma olhada rápida ao redor, um apartamento com a decoração moderna, luz ambiente e um delicioso cheiro de incenso no ar. Faço como ele ordena, e fico ali parada, por alguns minutos, sinto seus passos, penso em abrir os olhos e espiar, mas algo me diz queé melhor ficar quieta,

Uma música invade o ambiente:

Possession -Sarah Mclachlan

 

Ele se aproxima, está na minha frente sinto seu halito no meu rosto, ele beija lentamente meus olhos alisa meu braço ate pegar minhas mãos, beijando cada uma delas e lentamente desabotoa minha camisa, fico apenas de sutiã e minissaia. Ele beija minha boca, de uma maneira lenta, passional e forte.

Logo em seguida me diz para abrir os olhos, ele esta com a camisa aberta, vejo os pelos perfumados em seu peito, ele alisa meu rosto e me diz:

– Chegou a hora de colocarmos em pratica tudo o que falamos e desejamos todo este tempo minha garotinha.

As frases da música invadem meus pensamentos:

Por essa noite eu vago
É da manhã que eu tenho medo
Outro dia sabendo do
Caminho que tenho medo de pisar
Oh dentro do mar de sonhos lúcidos
Eu sigo sem orgulho
Nada nos prende aqui
E eu não serei negada

Tudo se torna intenso e seus olhos vibrantes sobre os meus, me deixam alucinada…

Continua…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: