POSIÇÕES PARA SPANKING

10428699_327384494102315_3175645724794344374_n

 

Variante 1 – clássico

A posição OTK (acrônimo para Over The Knee= “acima do joelho”) é a posição tradicional para palmadas nas nádegas, também conhecida como à la maman (“Mãe”) consiste em colocar a parte inferior do corpo da pessoa a ser punida sobre os joelhos do / a spanker (dominante), mas precisamente no colo.

Os pés devem tocar levemente no chão. Todo o peso do / a submissa deve estar em pos1quem a espanca. A mão esquerda do / a spanker suporta o / a spankee (submisso/a) pela cintura do outro lado puxando para si, impedi-lo de se mover. As mãos daqueles que são punidas podem ficar penduradas para baixo, ou ate mesmo permitindo que agarrem a perna da cadeira por razões de estabilidade. Pode-se manter o braco direito posicionado trás das costas, onde estara bloqueado pelo lado esquerdo do / a spanker. Claro, se você e spanker canhoto todas as posições são invertidas. Esta postura é ideal para palmada com a mão ou com ferramentas curtas (escova, padle, etc.).

 

Variante 2 – bloqueadoEsta variante da posição 1 pode ser utilizado para um / uma spankee que se move ou pos2é demasiado forte demais para ser mantida / a de acordo com a variante OTK clássica. As nádegas são posicionadas sobre a coxa esquerda de quem espanca, cuja coxa direita é usada para pressionar os da / a submissa, pressionado pela mão esquerda do / a spanker.  Esses são as posicoes favoritas de mães para espancar com palmatoria, escova de cabelo ou colher de pau.

 

Variante 3 – no sofáOutra variação é fazer spanking com submisso/a deitada em um sofá. Isso é adequado para palmada sensual, porque o / a submissa está posicionado / confortavelmente e pode concentrar-se nas sensações nas nádegas. Também é possível usar uma cama, (mas normalmente o colchão é muito macio, em detrimento da estabilidade) ou, em caso de emergência, três cadeiras alinhadas podem ser usadas.Variant 4 – no sofá bloqueado/aNeste caso quem é disciplinado não apenas fica confortavel, mas não precisa ser amarrado ou contido nesta posição.post3

 

O / a submissa pode esquivar à vontade, tornando conveniente para ele / ela e agradável para o spanker. Para esta posicao pode ser usado apenas duas cadeiras.Variante 5 – na camaOutra possibilidade para controlar submisso/a energético ou que se move muito, é sentar-se em uma cama, coloca-lo de joelhos, mas com a cabeça virada para o lado, apoiando-o / a debaixo do seu braço esquerdo.

 

Posições flexiondas

 

Variante 1 – tornozelosA posição típica da escola de ser castigado com a vara. Esta é a posição em que aqueles que são punidos flexionam os joelhos agarrando os tornozelos. Deve-se manter as pernas esticadas, sem dobrar os joelhos. Uma vez assumida a posição, (especialmente para um homem, pois dobrando os joelhos isto expõe seus órgãos genitais a um golpe indesejado). As pernas devem permanecer abertas para evitar que o castigado contraia as nádegas. Nesta posição, as nádegas permanecerão bem tensas, sendo assim, a dor será mais forte.

post4

Variante 2 – joelhosNesta variante, e mais acessível a um numero maior de pessoas por que o grau de flexao e menor. Nesta posicao quem é punido flexiona-se para frente e coloca as post5mãos sobre os joelhos, oferecendo suas nádegas para a surra. Ele precisara se concentrar para manter o equilíbrio.

 

Variante 3 – sobre um suporteEsta é mais uma oportunidade para o / a submissa que não consegue em posições post6instáveisl.  Nesta posicao as nádegas ficarao tensas, tanto quanto na posicao anterior aumentando a dor. Pode ser usado um banco ou uma mesa baixa ou até mesmo uma caixa de papelão (que seja robusta para nao se romper).

 

Variant 4 – arqueadopost7Deste modo, o peso do corpo do / a spankee deve ficar sobre as mãos, para evitar que se mova. Para assumir a posição as pernas devem ser mantidas abertas e para trás.

 

Variante 5 – contra a paredepost8Outra posição clássica para bater com a raquete (padle) o submisso/a deve curvar o corpo colocando as mãos na parede. As pernas devem permanecer afastadas e mais para trás do que as nádegas. Desta forma se força o submisso/a a colocar todo o peso de seu corpo em suas mãos, o que diminuira a chance de se mover.

 

Variante seis – braços levantadospost9Isso permite que você mantenha no lugar um submisso/a grande e robusto na hora da punicao na hora do spanking. Ele/a permanece totalmente desamparado, porque não pode evitar a dor nas articulações dos ombros.

 

Variante 7 – braços suspensospost10Com uma corda amarre seus pulsos atrás das costas e suspenda. Tenha muito cuidado: se a corda arrebentar o submisso/a caira com seu rosto no chão. O submisso/a não deve ter o peso do corpo pendurado totalmente nesta posicao, pois pode deslocar os ombros. É uma posição muito desconfortável para o / a submissa, mas deixa as nádegas bem expostas para uma surra.

 

POSIÇÕES DE JOELHOS

Esta é uma série de posições realizadas com o submisso ajoelhado. Pode ser feito no chão, sobre uma cama ou sobre uma mesa baixa.

Variante 1 – prostradopost11Nesta posicao as nádegas ficarão mais elevadas que nas seguintes.Variante 2 – mãos tornozelosNesta posicao o submisso/a deve segurar os tornozelos por entre as pernas, forçando o último se abrir totalmente, deixando acessível o interior das coxas e nádegas.Variante 3 – agachadaEsta é a melhor posicao para bater na parte de trás das pernas do submisso.

Variant 4 – cãozinho

É a posição clássica do cão.

 

 

POSIÇÕES NA CADEIRA

 

Variante 1 – na parte de trásOutra posição tradicional para espancar, estando o dominante na parte mais distante,post12 com um cinto, uma padle, chicote ou vara longa. O submisso/a se debruca na cadeira (você pode colocar um travesseiro ou algo na parte de trás para torná-lo mais macio se quiser). Dependendo da altura, as pernas também podem permanecer suspensas. Podem ser amarrados mãos e tornozelos.

 

Variante 2 – cotovelos na cadeiraDerivada da posição anterior, onde o submisso/a é forçado a se curvar mais, expondo post13ao máximo as nádegas para a surra. E para um / a spankee de baixa estatura, que tenha dificuldade de se apoiar na parte de trás do banco/caderia, se pode usar a parte do acento do banco/cadeira como apoio para os cotovelos ao contrario da outra posicao que deve se apoiar as maos.

 

Variante 3 – ajoelhando-se na cadeirapost14Outra possibilidade é que o submisso se ajoelhe na cadeira, mantendo suas coxas em vertical e apoiando o peito sobre o dorso da cadeira. Cuidado: Se o / a spankee avança e o peso se move sobre a cadeira, a mesma caira para frente. Os joelhos devem permanecer na ponta da cadeira.

 

Variante 4 – posicionar WinchesterEsta posicao é chamada de “posição Winchester”, porque foi usada para punicao na post15famosa escola de Inglesa Winchester. Com duas cadeiras apoiadas uma a outra na parte de tras. O submisso/a devera ficar de quatro, apoiando a sua barriga no topo das cadeiras. Assim estara pronto para a sessao.

 

Variante 5 – amarrado à cadeirapost16Com a cadeira reclinada no chão, submisso/a ajoelha-se na parte de trás, amarram-se as mãos no posterior das pernas da cadeira e os pes no encosto. É como se ele estava ajoelhado no chão, mas sem a possibilidade de avançar quando receber um golpe.·.

 

 

POSIÇÕES NA TABELA

 

 

Variante 1 – mesa de escolaEsta é a posição “no banco”, usada por diretores de escolas nos Estados Unidos post17para castigarr as nádegas com uma paddle. Geralmente funciona assim, nesta posicao o submisso/a não sao amarrados. Devem segurar a borda da mesa e conseguir receber os golpes sem reagir. Caso contrário, eles vão receber outros golpes extras. Dependendo (da altura do Submisso/a) e do efeito desejado, você pode ser coloca-lo com mãos e os braços estendidos ou apoiados com cotovelos. E o peito descansando sobre a mesa. Você pode ao submisso/a que permaneça na ponta dos pés, para levantar mais nádegas. Se a qualquer momento o seu calcanhar tocar o chão, o mesmo será punido com mais golpes extras.

 

Variante 2 – de cabeça para baixopost18Esta é uma posicao menos freqüente.  As nádegas ficam na posição horizontal na lateral da mesa, permitindo ao dominante de atuar manuseando o instrumento do sapnking em diversos ângulos diferentes, incluindo a parte da frente, porque a ponta do instrumento atinge o começo das coxas. Cuidado: não amarrar as mãoso submisso/a pode cair de cabeça.

 

 

POSIÇÕES NO SOFÁ

 

Variante 1 – no braçoO sofá é outro clássico e a posição tradicional é aquela deitada no braço do post19mesmo. Isso deixa as nádegas expostas às palmadas (spanking).

 

Variante 2 – ajoelhadoOutra maneira e colocar o submisso/a ajoelhado sobre as almofadas. Ambas as post20posições permitem que você bata com instrumentos longos, como um cinto, uma haste, ou padle de cabo longo.

 

Variante 3 – de cabeça para baixoÉ semelhante à posição sobre a mesa, e embora possa agir apenas duas direções, é post21menos perigosa do que a primeira. O risco de cair para frente é pequena entao o submisso/a pode ser golpeado com mais forca dos lados e de frente.

 

Variant 4 – deitadoFinalmente, em uma posição reclinada. Porque as nádegas nesta posicao ficam post22totalmente expostas para o spanking. O melhor é colocar sob a pélvis do submisso/a um travesseiro. Esta posicao deixaas coxas livres para os golpes.

 



POSIÇÕES NA CAMA

 

Variante 1 – deitadoA primeira ideia que vem à mente é deitado e é exatamente assim.  Usando um post23travesseiro, facilita a surra nas nádegas. Sem o travesseiro também se permite chicotear as costas. Você pode manter o / a spankee amarrado / a, indefeso/a ou forçá-lo / a a sofrer punição desamarrado, sob a ameaça de uma surra adicional em caso de tentativa de fuga. Além disso, com o corpo relaxado, as nádegas estarão mais relaxadas, reduzindo os danos causados ​​por acidentes vasculares.

 

Variante 2 – troca de fraldaNa posição da “troca de fraldas” quando a pessoa punida e pequena, bastera simplesmente segurar os tornozelos dela com a mão. Caso contrário, ele pode-se unir post24os tornozelos e segurar a corda com a qual eles estão suspensos. Tambem se pode amarrar seus pés na cabeceira da cama. É uma posição interessante, porque você pode ver o rosto e as nádegas do submisso / submissa. Observar os sinais e se deliciar com os olhos lacrimejantes e vermelhos. Esta posicao permite acertar em cheio a base das nádegas, proprio onde e o início das coxas fazendo com que a surra viva por vários dias na memória do submisso/a. Pode-se nao amarrar o submisso/a, forçando-o a agarrar os tornozelos com as mãos e manter a posição por si mesmo.

 

Variante 3 – pernas levantadas e afastadasPosição semelhante, mas mais desconfortável. As cordas unidas aos joelhos são post25usadas ​​para estabilizar a pessoa punida. É também humilhante, porque os órgãos genitais são expostos (pela mesma razão, tenha cuidado ao bater).
Como na versão anterior, você pode forçá-lo / spankee para manter a posição sozinho, sem amarração.

 

Variant 4 – ajoelhadoEsta é outra boa posição para forçar o submisso a receber spanking sem se post26mover. Você pode forçar o indivíduo a ficar de quatro, ou com os braços estendidos na cama descansando os omboros e o rosto na cama. Quanto mais baixos dos ombros, mais altas ficarao as nádegas.

 

Variant 5 – na borda ou estriboE, finalmente, as duas posições mais comuns: ajoelhado em um dos lados da cama, post27ou deitado sobre o estribo da cama.

 

POSIÇÕES NO CHÃO

 

Variante 1 – as mãos entre as pernasUma pessoa no chao é muito baixa para um normal, spanking; Mas esta posição é post28adequada para garantir que a ponta do chicote atinja áreas muito sensíveis, tais como a parte interna das coxas, entre as nádegas e genitais (atenção com a força: pode causar danos). Neste caso foi utilizada uma barra de afastamento para manter as pernas abertas. E as mãos estavam amarradas entre as pernas no meio da barra; Mas você também pode amarrar as mãos aos tornozelos, entre as pernas.

 

Variante 2 – extensãoOutra posicao onde você pode apenas bater com uma haste ou um chicote suficientemente longo. O submisso/a geralmente agarra os tornozelos do post29Dono/Dona. Como na posição anterior, é usado para sofrer uma pancada com a ponta do instrumento principalemnte na parte interna das coxas e nádegas.

 

 

POSIÇÃO NA ESCADA
Esta é a posição é simples: basta uma escada doméstica. Apenas certifique-se que a escada esteja travada para que a mesma nao se feche quando a dor fizer com que o submisso/a comece a lutar para escapar de um golpe doloroso.

post30

 

POSIÇÕES NO CAVALETE (OU BANCO ALTO)

 

Variante 1 – para os ladosNesta posicao e necessario um cavalete de madeira ou um banquinho alto, que não são tao comuns na mobília de uma casa, como cadeiras e mesas. A postura é semelhante à de joelhos com as mãos até os tornozelos, ea flexão do tronco faz com que as nádegas permanecem tensas e a dor e muito maior.Post31

 

Portanto se você quer a punição erótica é necessário usar menos força.

Variante 2 – por muito tempoO suporte também pode ser utilizado com o submisso/a deitado sobre o mesmo.

Post32

 

POSIÇÃO braço
Segurar a pessoa debaixo do braço é outra postura tradicional, mas quem aplica o post33castigo deve possuir forca (ou a pessoa que o recebe deve pequena). O submisso/a deve se inclinar restando reto. É um muito usado pelas mães para punir as crianças. Se o submisso/a é pequeno ou baixo pode ficar supenso no braco longe do chao. Como alternativamente, você pode usar um apoio (neste caso, uma cadeira) em que descansar os pés e, em seguida, em seguida colocar o submisso/a sobre sua coxa. O instrumento utilizado para spanking pode ser curto, como para as paddles, raquetes.

 

 

POSIÇÃO PARA BATER AS PERNAS

Estes são exemplos de posiçoes típicas para bater nas pernas com uma vara, com um chicote, com uma corda, ou um fio dobrado.

A pessoa pode ser punida em linha reta com as mãos para cima só se for muito menor do que aqueles que aplicam a punição. Caso contrário, pode ser realizada pelo braço.Post34

Pode utilizar a sua própria perna, como no terceiro diagrama, para evitar que o / a submissa (que ao sentir a dor comece a dançar fugir ou avançar). Para bater nas pernas devem ser utilizados apenas instrumentos leves e flexíveis, a fim de evitar danos aos nervos e tendões das pernas, ou a articulação do joelho.

fonte:  http://missheila.altervista.org/wikispank/wiki-posizioni.htm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s