Amor Intenso Amor – Capítulo 28

Um tempo depois, irritada com o questionário e sem respostas, eu já não suporto mais.

_ Eu não responderei mais nada, até que vocês digam o porquê disto tudo.

Elas param de anotar. A doutora Bossi me olha com preocupação.

_ Leona, a Doutora Sandra veio me acompanhar, porque você viveu situações de stress muito fortes nas últimas horas. E infelizmente temos que comunicar algo que não será tão fácil de explicar. Vamos contar de uma vez para não te deixar ainda mais nervosa. Bom, ao que tudo indica, a polícia e o Senhor Lucca, receberam um vídeo do seu ex-marido que juntamente com Bio hackers implantaram um chip que a princípio estão pensando ser apenas de rastreamento. A casa do Senhor Lucca é preparada para bloquear este tipo de tecnologia. Não sabemos quando este dispositivo foi implantado em você. Mas temos o vídeo para te mostrar caso deseje ver.

Eu fico em estado de choque, começo a pensar rapidamente quando isto poderia ter acontecido, mas seria impossível para eu saber

Eu fico em estado de choque, começo a pensar rapidamente quando isto poderia ter acontecido, mas seria impossível para eu saber. Já que ser drogada por ele, espancada, violada, era algo frequente. Os momentos em que eu estava desacordada pelos malditos sedativos, eu não sabia o que era feito comigo.

Eu abraço meu corpo enquanto as lágrimas descem do meu rosto. Eu fico pensando que o Lucca viu o tal vídeo onde sou uma maldita cobaia para o Russo. E meu peito dói, eu pensei que quando aquele monstro morresse, enterrado com ele fosse um pouco de todo o mal que ele me fez, toda a humilhação. Mas agora ele voltava, assim como a mensagem que recebi. Sinto um amargo na boca e a vontade de vomitar em seguida. Eu me levanto e vou até a mesa, abro uma garrafa de água estou tremendo. Elas estão caladas, apenas esperando meu tempo. Eu agora entendo por que Lucca não quis ficar, ele sabia que eu me sentiria ainda mais arrasada por tudo o que o Russo me fez.

_ Vocês podem tirar isto de mim?

_ Leona, tecnicamente é um procedimento simples, mas tanto Lucca, quanto a Interpol, preferem esperar alguns dias até que você esteja melhor, e eles possam estudar se terá algum efeito colateral ou até mesmo se junto ao microchip tem algo que possa comprometer sua saúde. Eles são bio hacker, nada pode ser descartado, existe uma equipe muito grande atrás de respostas. Estando aqui dentro eles não tem acesso algum ao implante em você.

_Eu quero ver o vídeo! _ as lágrimas descem silenciosas no meu rosto, mas eu estou fria como um iceberg, se Lucca não tivesse matado o Russo, hoje seria um dia que eu mesma o faria, sem dúvidas para apertar o gatilho.

_ Leona, são cenas que podem te deixar ainda mais assustada…

_ Com todo respeito Doutora Bossi e Doutora Sandra, eu passei por muitas agressões do meu ex-marido, este monstro abominável foi cruel comigo por um bom tempo. Sofri todo tipo de tortura de física a psicológica, até mesmo…

_ Leona, tudo bem, você pode falar se quiser. Estamos aqui para isto e nos próximos dias vamos te acompanhar no que precisar. Estaremos aqui todos os dias se necessário for.

_ Eu estava grávida, ele me espancou e eu perdi o bebê.

Eu posso ver o choque no rosto delas. Mesmo elas tentando serem profissionais.

_ Leona, você foi curada depois do aborto?

_ Sim, ele tinha um médico que ele pagava para manter silêncio. Eu fui medicada, limparam meu útero. Mas o médico me disse que jamais poderia engravidar novamente, sequelas de tudo o que ele me fez. Foi aí que decidi fugir dele de vez, eu devia ter feito quando soube que estava grávida.

A Doutora Sandra aperta minha mão e gentilmente começa a falar comigo.

_ Foi uma coisa terrível. Ele realmente era um monstro, mas não se culpe. Você era a vítima. Ele tem a total culpa em tudo o que te fez. Você era bem jovem na época e mesmo que não fosse, é fácil cair na lábia de um homem deste tipo, que manipula, usa, agride e depois a culpa é da mulher. Não se culpe.

Eu dou um sorriso fraco para ela. Respiro fundo e me preparo para apertar o play do tablet que a Doutora Bossi colocou em minhas mãos.

Eu aperto o play, o vídeo inicia desfocado, em uma sala escura, apenas uma luz forte no centro, o meu corpo está inerte em uma maca, com fios por todos os lados ligados a vários aparelhos e computadores perto de pedestais de soro, máquina para os batimentos cardíacos. Russo está rindo falando com um dos homens. Algo é inserido com uma grande seringa em meu braço e um dos homens vira o laptop para o Russo que sorri e diz em sua língua:“assim que estiver ativado, vou poder encontrar esta vadia onde quer que ele esteja no mundo e matá-la se ela fugir ou nos trair. E todo o resto que mandei fazerem?”. O vídeo acaba nesta parte.

_ Leona, você precisa de mais água? _ Pergunta Doutora Sandra preocupada.

_ Está tudo bem.

Mas não estava, agora algumas coisas estavam fazendo sentido. A Bratva me deixou ir, mas sabiam exatamente onde eu estava. Provavelmente me vigiavam, eu não era o alvo por causa do Lucca, eu era o alvo porque sou a ex-mulher de um boss morto. E agora querem me enterrar com ele.

_ Leona, sinto muito. Como você está no vídeo era nossa obrigação não o ocultar de você, caso quisesse assisti-lo._ Diz Doutora Bossi.

_ Eu estou bem, dentro do possível. Eu agradeço que tenham me contado. Mas agora o que será feito exatamente?

_ Em no máximo uma semana ele será removido do seu corpo, mas até lá você terá que ficar quieta aqui, talvez até mesmo o procedimento seja feito aqui. Poderão trazer o equipamento necessário para a operação.

_ Tudo bem. Eu entendi o quanto é grave, vou seguir as instruções necessárias.

_ Leona, precisaremos fazer mais exames, amanhã terá equipamentos chegando para isto. Lamentamos por isto, mas terá que ser feito um acompanhamento e temos que localizar o chip no seu corpo, saber se realmente está no seu braço. Se realmente existe, pois pode ter sido um blefe. Esta é uma suspeita com grandes chances de verdade. Descobriremos amanhã. Os resultados do exame de sangue não acusaram nada de drogas graves. Então posso passar um calmante para você dormir, se você quiser…

_Não, Doutora Sandra! Não quero ser sedada, não quero nenhum calmante.

Antes que eu fale mais, Lucca aparece na sala, ele está lindo como sempre, uma camisa e calça de algodão colados no seu corpo definido, seus cabelos molhados e seus olhos intensos sobre mim. Ele envolve minha cintura e beija delicadamente meu rosto.

_ Senhor DiSantis, terminamos com ela. Amanhã depois do almoço, estaremos aqui com tudo necessário para cuidar dela.

_Agradeço a visita, Doutora Bossi e Doutora Sandra.

Elas se despedem e saem da sala acompanhada por um dos homens do Lucca. Ele me puxa para um abraço forte.

_ Mi dispiace tanto amore mio. Sono un peccatore, vado all’inferno, però della morte di questo bastardo non mi pento. Per quello che lui ha fatto a mio fratello Francesco, la morte di mio papa con veleno e per tutto quello che lui ha fatto a te. Dio…

*Eu sinto muito meu amor. Sou um pecador, vou para o inferno, mas da morte daquele bastardo não me arrependo. Pelo que ele fez ao meu irmão Francesco, a morte do meu pai com veneno e por tudo o que ele fez a você. Deus…*

Ele está tremendo, alisando meu rosto

Ele está tremendo, alisando meu rosto. Eu nem consigo olhar em seus olhos, um misto de dor, vergonha, raiva do que passei, da minha impotência.

_ Lucca, você me livrou dele, apesar de tudo o que sofri e ainda tenho de marcas do passado, eu estou livre dele, do seu toque, da sua violência…

Ele me beija lentamente, me apertando em seus braços, sua língua passeia deliciosamente acariciando minha boca, dançando com a minha, até nossos gemidos escaparem entre os lábios. Ele se afasta.

_Eu vou cuidar de você. Nada vai acontecer com você aqui dentro, amanhã você será levada para estes exames, vai saber mais como funciona a segurança da casa. Eu vou derrubar um por um dos que estão atrás de você e de mim.

_ Neste momento tudo o que preciso é me deitar com você…

_ O que você quiser Leona, tem certeza de que não quer se alimentar, você passou mal antes…

_ Não, eu não conseguiria comer nada e além do mais já é madrugada, daqui a pouco o sol nasce…

Uma lembrança feliz de nós dois na ilha, fazendo amor ao nascer do sol me vem na mente. Ele parece pensar o mesmo que eu, ele sorri, se abaixa e sussurra.

_ Eu também nunca esqueci, pensei em você todos estes dias. E te prometo, ainda faremos amor milhares de vezes vendo o sol nascer, vendo-o se pôr. Eu vou te dar tudo o que prometi Leona. A começar por isto!

Ele tira o anel do bolso

Ele tira o anel do bolso. O mesmo que ele tinha me oferecido e eu recusado, quando estávamos no iate voltando da ilha.

Eu tremo ao ver seus olhos azuis tão intensos como naquele dia. Meu coração acelera desesperadamente.

_ Lucca … eu…

Ele segura minha mão e continua olhando nos meus olhos.

_ Pense que é apenas uma lembrança do quanto eu te amo infinitamente. Já é um começo para mim, percebi que você está sem a sua pulseira. Talvez o anel você use.

_ Eu usei a pulseira o tempo todo, todos estes dias. Eu tirei somente no dia que soube que você está noivo.

Esta situação volta na minha mente e eu tento afastar minha mão das suas.

_Leona, escute! Eu tinha que me aproximar da filha do Boss dos Romenos. Ele almeja um aliança com a minha família, e para pegá-los precisei entrar no jogo.

_ Um jogo bem divertido por sinal, ela é bonita. Deve ser muito difícil mesmo ir com ela para a cama e …

_ Não é como você pensa. Eu tenho a desculpa da honra de um mafioso, enquanto ela tecnicamente não se casar comigo, eu não a tocarei.

Eu dou uma risada frustrada.

_ Claro, ela deve estar guardando a virtude dela, para o grande Boss que ela vai se casar.

_ Leona, algumas talvez façam isto, ela era uma libertina em giro por toda Romênia com vários homens. E não tenho interesse nela. Eu preciso apenas conseguir todas as informações, e quando a Interpol estiver pronta para agir, eu terei que …

_ Terá o que Lucca? _ Puxo minha mão e bato em seu peito, ele mal se move.

_ Terei que ser preso. Por um mês talvez, para que aos olhos de outros chefes da máfia eu não seja um traidor. E para assim poder seguir em paz depois de tudo acabado, limpo e sem problemas com o resto da máfia.

Eu engulo em seco. Meu coração acelera ainda mais. Um misto de impotência, de raiva, de desespero, de paixão me invadem.

_ Larga esta droga de anel e me fode Lucca!

Minha frase desperta seu lado mais selvagem, ele invade minha boca me devorando, suas mãos apertando meu corpo nu embaixo da sua camisa que estou usando. Uma onda de calor me invade, eu sinto sua ereção encostando em minha barriga. Ele me joga em seus braços e me leva para seu quarto.

Quando ele passa, fecha a porta e me pressiona nela, levantando minhas pernas. Minha buceta exposta debaixo de sua grande camisa branca, ele não deixa minha boca, sinto-o apenas abaixar as calças, ele desce uma mão entre minhas pernas provavelmente para sentir o que eu já sabia.

_ Você está pronta para mim …_ Sua voz sai em um tom potente

Ele apenas pressiona sua grossa ereção em minha entrada lisa, ele olha em meus olhos e penetra em uma única estocada até o fundo, me fazendo arquear o corpo do susto, do prazer.

_ Sim Lucca, sim…

_ Minha, completamente minha, minha_ Ele repete em cada estocada me fazendo tremer, apertar seu grosso pau.

_ Te amo Lucca. _ eu sussurro entre as lágrimas de prazer, de desespero, de medo de perdê-lo.

Ele acelera os movimentos ainda mais, me esticando, me mostrando toda sua força, toda sua potência, sua voz é um gemido baixo em meu ouvido.

_ Ti amo amore mio, ti amo, per te io muoio….

*Te amo meu amor, te amo, por você eu morro…*

Ele ainda está dentro de mim enquanto me carrega para a cama com ele, deitamo-nos abraçados, ele assim permanece por um pouco. Depois ele se levanta e sobe sua calça indo em direção a porta.

_ Lucca, onde você vai?

_ Um segundo amor, já volto.

Ele volta com um sorriso nos lábios, duas garrafas de água, ele me entrega uma que eu bebo em quase um só gole. Ele sorri bebendo toda a sua garrafa.

Ele deixa a garrafa vazia na cômoda, tira sua roupa e seu corpo perfeito caminha lentamente até a cama. Ele se joga ao meu lado me abraçando e me beijando apaixonadamente.

_ Você parece bem mais sereno agora.

_ Eu disse que você me faz um homem melhor, você me faz querer ser melhor. Com você eu imagino um futuro.

Ao escutar suas palavras eu fico emocionada, mas tento me conter. Ele me beija novamente e sussurra.

_ Eu vou ficar com você nos meus braços a noite toda, isto é o paraíso para mim.

_ Eu estou feliz de estar nos seus braços, Lucca.

Ele sorri nos meus cabelos. Alcançado seu celular, ele coloca uma música.

_ Vamos adormecer ouvindo a música que sempre ouvi em algumas noites que dormi querendo estar assim com você, protegida nos meus braços. A música I belong to you de Eros Ramazzotti toca baixo, ele se aconchega ainda mais em mim, seu corpo colado ao meu, seus braços me envolvendo em um abraço, me fazendo sentir protegida, sua.

“É claro como cristal
Eu ouço sua voz
E toda a escuridão desaparece
Toda vez que eu olho em seus olhos
Você me faz te amar.

Este inverno vai acabar.

Eu pertenço a você,

você pertence a mim para sempre.”

Ele cantarola baixinho no meu ouvido e não consigo não deixar de sentir tudo o que sinto, cantarolo junto com ele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s