Amor Intenso Amor – Capítulo 58

Depois do jantar ainda passeamos de mãos dadas pelo jardim até nosso quarto.

Assim que fechou a porta atrás de si Lucca pressionou seu corpo no meu, me aprisionando contra a parede. Enquanto ele me beijava eu segurava seus cabelos entre meus dedos.

Sua ereção cresceu entre nós. Senti seus dedos passeando pela pele da minha coxa e enquanto eu ofegava senti minha calcinha ser arrebentada por seu puxão. Eu estava excitada, mas seu gesto bruto me encheu ainda mais de tesão. E ele sabia disto quando me olhava ostentando um sorriso convencido.

_ Eu disse que tomaria posse do que me pertence. _ sua voz é baixa e perigosa.

_ Lucca… Eu quero te sentir.

_ E eu quero estar dentro de você, te sentindo. Não se preocupe temos a noite inteira. E graças a sua travessura de antes, minha performance de agora vai durar ainda mais. Amanhã você vai lembrar desta noite, de tudo o que farei com você. Você ainda estará inchada e latejante pela manhã. Pode ser uma atitude arcaica e machista da minha parte. Mas ver você com estes vestidos provocantes me deixam louco. Eu quero te possuir na frente de todos, quero mostrar para o mundo que você é minha.

_ Lucca você já me possui, sou tua, estou usando um anel no dedo, sou sua noiva, então relaxa.

_ Vou relaxar somente quando você estiver assinando DiSantis.

Ele pressiona seu corpo no meu, sua ereção pressionada pulsando entre nós, seus olhos fixos nos meus.

_Lucca eu não sei se consigo ficar frustrada ou rir disto. Mas eu te amo e até me faz rir toda esta insegurança vinda do Lobo que você sempre foi. E o seu sobrenome não é algo que vou carregar como uma placa no pescoço impedindo que se aproximem…

_ Não, mas muita gente não vai ousar chegar perto de você por causa do meu sobrenome. Vou poder respirar mais aliviado. _ seu olhar muda e ele me encara preocupado _Você sabe que estou brincando não é mesmo? Eu fico com ciúmes sim, na verdade muito ciúmes. Mas jamais vou ser o tipo de te proibir de usar algo. Vou me limitar em te dizer que preferia que usasse somente para mim, mas será sua escolha, sempre.

Ele continua a me olha preocupado enquanto alisa meu rosto.

_ Tudo bem Lucca, eu sei que você não passaria dos limites comigo. Ao menos não neste sentido…

O olhar dele se alivia e voltamos para o clima sexual de antes. Sua mão alisa minhas coxas e toca meu sexo molhado de prazer.

_ Molhada, pingando, sedenta por mim e eu extremamente duro por você. O que faremos?

_ Você me deve uma calcinha, aliás mais de uma…

_ Hum, ao menos uma posso te pagar agora…

_ O que?

Ele se afasta e vai até sua mala, voltando com outra caixa de veludo.

_ Sério Lucca? Eu falei brincando e não vou ficar aceitando joias suas, tudo isto é muito para mim.

_ Bom, não posso negar que não deixa de ser uma joia, mas é algo um pouco mais íntimo. Abra.

Eu abro a caixa que ele colocou em minhas mãos é uma calcinha vermelha de renda delicada, mas o que chama a minha atenção são dois detalhes em particular, o primeiro um pequeno colar de pérolas em linha dupla que com certeza ficará na abertura da minha buceta e um pequeno pingente de perola e strass que ficará em cima do meu clitóris. Eu engulo em seco e levanto meu olhar para ele que me encara divertido.

 Eu engulo em seco e levanto meu olhar para ele que me encara divertido

_ Sim. São pérolas verdadeiras. E o strass é apenas um Swarovski, e antes que você pergunte, comprei tudo isto quando marcamos a viagem para a ilha, eu tinha passado rápido em um sex shopping antes de ir te buscar em seu apartamento. Mas não tive a oportunidade de usar nada disto, guardei tudo para quando você aceitasse ser minha.

_ Você me surpreende. E se eu tivesse falado não?

_ Eu guardaria o anel e continuaria lutando por seu amor, não vou mais desistir.

Ele me olha ansioso, eu atendo seu pedido silencioso subindo a calcinha lentamente para o meu corpo. Quando as pérolas se encaixam nos meus lábios inferiores, eu sinto um leve tremor. Lucca tira sua camisa enquanto me olha abrir lentamente meu vestido. Segundos depois sua calça estava junto com meu vestido no chão. Sua boca estava na minha e ele me carregava em seus braços para cima da cama, a pressão das pérolas na minha carne macia me proporcionava um estranho desconforto prazeroso, difícil de explicar o calor que me inundava o corpo naquele momento.

Ele me colocou delicadamente sobre os lençóis, suas mãos deslizaram alisando meu corpo, demorando um pouco sobre os meus seios. Ele para seu olhar entre minhas pernas. Ele as abre e o maldito ou bendito colar de pérolas atinge em cheio meu clitóris. Ele puxa lentamente e eu contorço sob seu toque. Ele admira com adoração a minha carne ser massageada por cada perola pressionada contra mim.

_ Esta visão é o paraíso para mim, você está ficando fora de controle. E eu amo quando seu corpo perde o controle sob meu toque.

Eu tento puxar ele para mim, ele se abaixa e abocanha meu mamilo, chupando, lambendo o deixando banhado e duro em sua boca. Quando ele solta sua boca vai para o meu clitóris e eu tremo com sua caricia rápida e dura. Ele puxa o colar que toca meu íntimo quando sua boca se afasta por segundos e ele vai alternando entre a massagem das pérolas e a sua língua. Meu corpo não demora a explodir em um gozo intenso, tremo em sua boca, ele enfia sua língua dentro de mim e engole a última gota de meus fluidos.

_ Lucca, que delícia…

_ Eu apenas comecei meu amor. Vamos explorar o seu corpo esta noite … e encontrar todos os lugares sensíveis que fazem você tremer e gozar!

_ Você está querendo me matar de prazer Lupo?

_ Quero te comer e vou fazer isto agora.

Ele segura minhas pernas abertas, ele fica entre elas, sua ereção posicionada entre o colar duplo de pérolas. Ele desliza entre elas para dentro de mim, eu solto um gemido que vem acompanhado de um grito em seguida ao sentir seu dedo pressionando o pequeno pingente de strass em meu clitóris.

_ Lucca! Oh! céus. Lucca não pare!

Ele continua deslizando dentro e fora de mim com golpes certeiros, seus dedos puxando o pequeno colar de pérolas para cima. Eu abro meus olhos e ele está concentrado em cada movimento do seu quadril batendo contra o meu. Eu não controlo mais meu corpo e tremo desesperada gozando em sua ereção enquanto ele se retira lentamente de mim.

Eu tento alcançar seu membro latejante, mas ele me impede. Ele me puxa com ele para o sofá, ele faz eu me sentar de costas para ele, sobre minhas pernas e faz eu apoiar meus pés nos seus joelhos.

Ele me puxa para sua ereção e assim que sinto ele segurando minha bunda, eu sabia que era um caminho sem volta. Obviamente ele calmamente empurra cada centímetro para dentro de mim. Seus dedos acariciam meu clitóris, enquanto eu subo em sua ereção que desliza lentamente em minha bunda.

_ Eu não vou durar muito com você tão gostosa assim. Sua buceta molhada em meus dedos, seu cuzinho apertado preparado para o meu pau.

Ele me fode enquanto sua mão acaricia minha buceta encharcada, eu tremo e ele enfia os dedos mais profundo esfregando seu clitóris com a palma da mão. Ele puxa meus quadris com força indo cada vez mais rápido e profundo dentro de mim, até eu começar a sentir uma onda de calor crescente invadir meu corpo com gozo intenso. Lucca geme alto e goza me enchendo com sua porra quente.

Ele faz com que eu desça as minhas pernas e me aperta em seu colo, lentamente ele sai de dentro de mim, foi nossa segunda vez de sexo anal, desta vez eu tinha me preparado durante o banho e estava ainda mais relaxada, sem preocupações depois de uma ducha interna e foi extremamente prazeroso. Ele acaricia meus seios, suas mãos envolvem o meu pescoço quando me viro para ele, seu beijo é apaixonado.

_ Você está bem?

_ Sim, não se preocupe eu gostei muito.

_ Fico feliz em poder te dar prazer, estarei sempre aqui para isto querida. _ ele beija e mordisca meu ombro.

_ Bom, agora podemos tomar um banho juntos e dormir. _ provoco ele.

_ Eu disse a noite toda, não tenho fôlego para uma transa em seguida, mas podemos tomar um banho demorado e tenho certeza de que ainda te darei muito prazer.

_ Eu não duvido disto, mas gosto de te provocar.

_ Nem acredito que amanhã cedo voltaremos para casa. E que você é oficialmente minha noiva.

_ Sim, eu sou. Eu confesso que pensei que se você me pedisse em casamento usaria este anel que carrego comigo, o que você me deu na ilha.

_ Eu queria algo novo, único tanto quanto este. Algo para simbolizar nossa nova fase. Mas por falar nisto…_ Ele retira o outro anel do meu colar e desliza em meu dedo que ele beija a seguir.

_ Eu confesso que deslizei ele no meu dedo algumas vezes e fiquei imaginando você fazendo isto.

_ É um anel que mandei fazer com todo carinho para você, mas ainda não era o anel de noivado que você merecia. Por isto mandei fazer o segundo. E ainda têm as alianças de casamento que devemos escolher nos próximos dias.

_ Temos tempo Lucca. Você está muito apressado, até o fim do ano podemos escolher algo.

_ Leona eu desejo que tudo seja perfeito, pois você merece o casamento como você sonhou. Então melhor escolhermos tudo com antecedência.

_ Tudo bem, eu fico feliz que você concordou com algo intimista apesar de todo o luxo que sei que você vai acrescentar em vários detalhes. Ao menos seremos em poucos.

_ Meu amor eu concordei pois foi um pedido seu e não quero você desconfortável com isto. Se eu for convidar muita gente teria que convidar algumas pessoas da máfia e sei que você ficaria chateada. Então não se preocupe saremos no máximo vinte pessoas. E sim, você está certa, esbanjarei tudo o que for necessário para que seja único para você.

_ Para mim, ter você esperando por mim naquele altar já e o maior motivo de felicidade para mim, tenho certeza de que será inesquecível.

_ Somente eu ando romântico?

That’s amore… *

* That’s amore: nome de uma famosa música que foi trilha sonora da atriz italiana Sofia Loren, O nome do filme é “Pão, amor e…..” de 1955. É um filme italiano de comédia. *

Ele dá uma gargalhada, me beija e depois me pega nos braços, me levando com ele para o banheiro, ele retira o que resta da minha lingerie e entramos debaixo do jato de água do chuveiro.

_ E nem nos meus sonhos mais remotos eu me imaginaria com você nos meus braços, você me dando uma família, a promessa de um futuro em minha vida. _ ele fala e sinto emoção em sua voz.

 _ ele fala e sinto emoção em sua voz

Música That’s amore 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s