Amor Intenso Amor – Capítulo 64

Quando acordei de manhã Lucca não estava na cama, logo me veio na mente a última vez que dormimos juntos naquele hotel e todas as últimas manhãs em nossa casa. Ele levantava cedo e ia se exercitar, ele dizia que precisava para manter além da forma, o controle sobre o desejo de me acordar com sua ereção.

Eu me espreguiço, e tomo um banho demorado. Quando estou saindo do banheiro meu telefone toca, e eu corro para atender. Do outro lado a voz animada me é docemente familiar.

_ Bom dia, minha querida! Eu imagino que a esta altura Lucca já tenha te informado que se casam amanhã. Eu estou muito feliz por você minha filha. Acho que vocês dois são realmente destinados um ao outro. Eu desejo à vocês muita felicidade!

Eu estou emocionada pelo apoio incondicional de Papai, desde o início ele sempre apoiou o Lucca, mesmo quando eu nem sabia que ele me amava.

_ Bom dia Pai. Eu estou realmente muito feliz. Um pouco apreensiva com tudo em cima da hora, mas sei que Lucca organizou tudo. O Senhor já está na Costa Amalfitana?

_ Estou a caminho querida. Infelizmente tive um imprevisto. Mas estarei aí ainda na parte da manhã.

_ Espero que esteja tudo bem.

_ Eu estive em reunião com a Interpol Leona. Eu não queria te dizer isto agora, mas você precisa saber assim poderá avisar o Lucca.

_ Estamos em risco novamente? Algum inimigo de Lucca?

_ Calma. Vou te contar, vocês não estão em risco maior por isto. A verdade é que a Interpol vai procurar Lucca nos próximos meses, vai tentar persuadi-lo para voltar a ser um agente. Ele foi de extrema importância para eles, não somente com informações, mas também com as suas estratégias de campo. Ele é uma máquina potente fisicamente e sua mente é brilhante. As próximas missões provavelmente serão daqui uns dois anos. Mas será necessário já o convencer a ajudar agora, a montar todo o esquema, por isto vão procurá-lo quando vocês voltarem da lua de mel. Existe um grande boss da Ndrangheta que está usando a máfia Albanesa para esquemas bem pesados envolvendo entre tantas coisas ilegais a política. Ele é o único que a Interpol pode confiar e agora o DDA (Direzione distrettuale antimáfia) Direção distrital antimáfia está implorando a Interpol por ajuda e tudo funcionará apenas se Lucca colaborar. Ele não será obrigado a nada, apenas não deixarão ele em paz tão facilmente, tentando convencê-lo. Eu quero que ele esteja preparado quando o procurarem, por isto estou te contando. Escolha o melhor momento e o prepare, ele não vai aceitar eu sei disto, ele não quer correr riscos e não vai querer deixar você e Chiara outra vez.

Meu coração acelera, sinto pontadas em meu estômago e um gosto amargo em minha boca. Lucca em missão novamente não é algo que me deixa feliz. Eu sabia que ele não aceitaria, mas até onde isto nos afetaria futuramente seria uma incógnita.

_ Obrigada por me contar Papai, eu fico feliz que desta vez não tenha tentado me proteger me ocultando informações, principalmente ao que diz respeito a Lucca. Eu vou falar com ele assim que ele voltar. Sei que ele não vai aceitar quando o procurarem, mas ele precisa saber desta movimentação toda já agora. Talvez isto o afete de alguma maneira…

_ Eu lamento ter falado agora neste momento tão feliz, mas como você mesma disse não sei o quanto todo este esquema pode afetar na vida de vocês. Somente Lucca pode analisar. De qualquer maneira ele saberá sair desta sem ser afetado e vocês poderão seguir felizes. Eu estou aqui para o que precisarem.

_ Obrigada Papai, eu sei que podemos contar com você. Nos vemos amanhã.

_ Sim querida, vou tentar ver você antes da cerimônia.

_ Vou ficar feliz em te ver e ver a Carlota. Um grande beijo.

Ele me manda um beijo e desliga o telefone. Eu sinto um frio percorrer minhas costas e o medo não me deixa. Eu saio para o terraço para respirar, escuto o barulho da porta e Lucca entra, como sempre suado, apenas com bermuda de malhar e tênis, sua camiseta está jogada no ombro. Ele sorri e só então percebo que sua outra mão está para trás.

_ O que você tem aí? Mais um brinquedo sexual em uma caixinha luxuosa?

Ele solta uma risada e se aproxima.

_ Talvez eu tenha algo para a lua de mel, mas agora não é nada disto amore mio. Bom dia.

_ Bom dia, então o que é? _ estendo minha mão e ele sorri

Ele se aproxima ainda mais, e então ele me entrega um pequeno buquê de lindas rosas vermelhas.

_ Você está realmente muito romântico Lupo

_ Você está realmente muito romântico Lupo. _ agradeço feliz, mas a notícia de antes não me deixa ser tão genuína.

_ Você faz isto comigo. _ ele me observa atentamente.

Ele joga sua camisa no chão e pega meu rosto em suas mãos.

_ Você está nervosa por causa dos preparativos de hoje para amanhã?

_ Sim… isto…_ desvio meu olhar.

Mas meus olhos caem na tatuagem no seu peito com nome de Chiara onde por debaixo se esconde a cicatriz da sua quase morte.

_ Leona, não é somente isto. Você está em dúvida?

_ Não tenho dúvidas de que te amo e quero passar minha vida inteira com você. E só que…

_ Você está me deixando em ânsia então me diga o que está te afligindo.

Ele se senta me puxando para o colo dele. Eu respiro fundo e decido falar de uma vez.

_ Meu pai ligou, ele ainda está preso em Milão com algumas coisas para resolver. Ele esteve em reunião com a Interpol por horas. _ ele me encara com muita atenção, minhas mãos tremem e ele as segura.

_ Respira amore mio, me conte tudo. _ ele diz calmamente e eu continuo.

_ Ele disse que a Interpol vai te pressionar nos próximos meses, vai tentar te convencer para voltar a ser um agente. Por causa da sua extrema importância para eles, não somente com informações, mas por suas estratégias de campo. As próximas missões provavelmente serão daqui uns dois anos. Mas que eles já precisam de você agora para ajudar a montar o esquema. Que tudo isto é por causa de um grande boss da Ndrangheta que está usando a máfia Albanesa para esquemas bem pesados envolvendo política. Que você e o único que a Interpol pode confiar e agora o Departamento da antimáfia está pressionando a Interpol para que ajudem e tudo funcionará apenas se você colaborar.

Ele não diz nada, eu busco seu olhar ele está olhando o mar a nossa frente. Eu sinto sua respiração acelerar. Ele se afasta e pega o cigarro.

_ Lucca eu…

Ele dá um trago no cigarro e solta a fumaça no ar, ele se vira para mim.

_ Leona, me escute, isto vai sempre existir, eles vão sempre tentar que eu os ajude. Sou a fonte mais confiável, um agente infiltrado que não levanta suspeitas dos inimigos. Mas isto não quer dizer que eu vá aceitar. Deixar você e Chiara é algo fora de cogitação. E se estamos decididos a tentar ter outro filho isto se torna impossível. O que posso fazer para aplacar a insistência deles quando houver é ajudar no esquema. Mas não vão entrar em campo em missão, fique tranquila. É do meu interesse que tudo se mantenha sob controle nos dois mundos. Você me entendeu?

Ele se aproxima de mim e se abaixa ao nível dos meus olhos esperando uma resposta.

_ Eu confio em você Lucca. E não importa o que aconteça estarei sempre ao seu lado.

Seus lábios encontram os meus em um beijo carregado de amor e promessas. Eu o abraço forte.

_ Sabe o que vai ser chato hoje? _ ele se afasta um pouco para me observar.

_O quê?

_ Ficaremos longe o resto da manhã, toda a tarde e também à noite.

_ Como assim? _ não consigo esconder minha irritação e ele sorri.

_ Depois do café da manhã vou te apresentar a equipe que cuidará das suas necessidades. Eles têm um cronograma que te deixará ocupada até o fim do dia. E aí você vai para sua despedida de solteira com Lais e eu sairei com Paolo, com Pietro e alguns outros amigos.

Eu estreito o olhar. Ele sorri e me beija a ponta do nariz.

_ Está com ciúmes?

_ Talvez. Mas lembre-se que também é minha despedida de solteira. Então melhor não me provocar…

Eu pisco para ele e me afasto para colocar as flores em um vaso com água.

Eu mal as coloco sobre a mesa e ele está com as mãos nos meus quadris me puxando para ele.

Ele pressiona seu corpo no meu, me colocando sobre a mesa.

_Acho bom você não provocar o Lupo querida. Não sou tão pacífico quando estou morrendo de ciúmes de você.

Ele beija meu pescoço e desce mordiscando. Eu o empurro.

_E você não provoque a Leoa querido.

Ele solta uma risada.

_ Na verdade, você não fará nada! Sei bem…

_ Você está muito convencido.

Ele sorri  e alisa meu rosto.

_Eu adoraria te deixar exausta, mas estamos atrasados. Vou tomar um banho rápido e te encontro no restaurante do hotel.

Ele me ajuda a descer da mesa. Eu penso em provocá-lo, mas já era hora de eu pegar Chiara para ficar comigo e com Lucca. Eu apenas deixo passar e me visto para ir ao quarto onde estão hospedadas as babás e Chiara.

Assim que chego ela está acordando. Eu escolho suas roupinhas e a preparo.

 Eu escolho suas roupinhas e a preparo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s