Amor Intenso Amor – Capítulo 67

Acordei com o iate em movimento, ainda estava escuro lá fora quando subi as escadas, Lucca estava apenas com suas calças, camisa aberta mostrando seu corpo perfeito, seus cabelos descabelados davam a ele um ar ainda mais sensual. Ele me olha e sorri.

_ Buon giorno amore mio!

*Bom dia meu amor! *

_ Você sabe que nos casaremos em algumas horas não é mesmo? Começaremos o dia cedo hoje …

Ele desliga o motor do iate, lança a ancora e acende apenas as luzes de baixo da embarcação. Ele se aproxima me beijando com paixão, ele me puxa para a frente do barco onde ele posicionou uma coberta.

_ Vamos ver o nascer do sol juntos. _ele me abraça

Meu coração acelera e me lembro do primeiro nascer do sol que vimos do terraço do seu quarto na ilha, estávamos fazendo amor. Ele se senta e me puxa para me sentar entre suas pernas, ele me abraça forte e eu me aconchego em seus braços fortes.

_ É lindo aqui. _ eu sussurro.

_ É lindo sim e com você aqui se torna magnífico. Sabe amor, este nascer do sol representa nossa nova vida. A partir de hoje não é somente burocraticamente que estaremos unidos, até porque este elo entre nós já existia. Mas estará se concretizando, estaremos dizendo, assumindo para o mundo que ele existe. E eu prometo que cada nascer do sol pelo resto de nossas vidas me dedicarei te fazer feliz, fazer a nossa família feliz. Vou proteger vocês, vou lutar por vocês cada dia, me fortaleço a cada vez que vejo vocês sorrindo, nunca me senti tão feliz Leona. E no fim do dia, quando o sol estiver se pondo estaremos casados oficialmente, festejaremos com nossos convidados, com a nossa filha. E quando a noite cair estarei novamente entre suas pernas e vou amar cada pedacinho da minha esposa.

_ Eu te amo Lucca, e eu prometo que farei você feliz também. E quero também poder te defender, e em cada obstáculo estarei ao seu lado para tudo. Eu vou buscar treinamentos mais profundos de defesa e não vou te deixar jamais. Eu quero envelhecer ao seu lado amor, você me prometeu isto, lembre-se sempre que você cumpre suas promessas.

Ele sorri e me beija apaixonadamente. Ele entendeu que eu me referia a ele se manter vivo, que eu estou disposta a assumir minha posição como sua mulher. Mas não serei uma esposa indefesa, nossa situação exigirá que eu seja potente e saiba proteger fisicamente minha família. E eu o farei até meu último respiro. Serei letal para proteger os que amo.

Eu deslizo sua camisa pelos ombros, ele puxa o zíper do meu vestido e em segundos estou nua. O sol surge lentamente no oceano enquanto Lucca entra lentamente dentro de mim.

Seus olhos mantem contato com os meus e cada estocada dele dentro de mim os gemidos me escapam da garganta. Ele deita seu dorso sobre mim e me beija. Ele inclina meu quadril em seu colo e a angulação é perfeita me fazendo tremer, seus dedos afundam em minha carne e ele vai mais profundo, nosso ápice está próximo, eu luto para não fechar os olhos quando ele deixa meus lábios e intensifica os movimentos de seus quadris.

_ Eu te amo Leona.

O meu orgasmo vem forte seguido do seu gozo quente.

_ Te amo Lucca…_ falo quase sem fôlego.

O sol já estava alto quando caminhávamos para o carro que já estava a nossa espera

O sol já estava alto quando caminhávamos para o carro que já estava a nossa espera. O telefone de Lucca não tinha parado de tocar e nem o meu depois que ainda ficamos no barco por mais uma hora após o sol nascer. Estávamos atrasados para nossa cronograma do dia. Café da manhã com a família, início dos preparativos do casamento, sessão de fotos antes de nos vestirmos de noivos.

A manhã foi cheia e mal conseguíamos trocar uma palavra ao meio de todos os eventos, conheci o tio de Lucca Alberto e seu primo Alexander, que estão no comando da família deles dentro da máfia. Eles me trataram muito bem e se mostraram felizes e isto me deixou aliviada. Ver o tio dele emocionado foi a benção final que eu esperava. Todos se divertiam enquanto fazíamos as sessões de fotos no jardim com Chiara em um lindo vestidinho rosa e coroa de flores na cabeça. Ela tinha o vestido igual ao meu e isto deixava tudo ainda mais fofo. Foi difícil terminar a sessão de fotos e falar com todos sem derramar alguma lágrima aqui e ali. Sempre tinham que retocar minha maquiagem. E eu via o nervosismo em Lucca, ele fumava sem parar e nada o deixava tranquilo, ele estava feliz, mas extremamente inquieto.

Eu mal consegui dar um beijo nele antes de ser arrastada para a parte onde eu seria maquiada e preparada para o casamento.

Algumas horas depois eu estava com as unhas feitas, tinha recebido massagem relaxante que não tinha me ajudado em nada, eu estava ainda mais nervosa a cada minuto que passava. Eu tinha acabado de tomar banho e estava com um roupão de seda sentada na poltrona enquanto começaram a me maquiar.

Vi o reflexo de Lais no espelho, ela estava deslumbrante com um vestido esvoaçante em nuance rosa pálido. Seus cabelos presos em um coque elegante

_ Calma Leona, você está mais nervosa que antes. Mais uma hora e você estará na frente do Lucca. Paolo acabou de me mandar uma mensagem que seu futuro marido também não está melhor do que você.

_ Vou me lembrar disto no seu casamento e vou falar para você ficar calma. Você entenderá o que estou sentindo agora. Estou feliz, mas estou tremendo e a emoção está fora do meu controle, estou agitada.

_ Eu vou beber muito, para relaxar. Se não me quiser bêbada terá que tirar as garrafas do meu alcance. Por falar nisto, beba isto!

Ela coloca um copo de uísque puro em minhas mãos, eu viro de uma vez. O líquido desce queimando minha garganta.

_ Eu esperava que você fosse devagar, mas tudo bem…

_ Eu precisava disto. Paolo disse que Lucca está nervoso? Eu preciso ligar para ele…

_ Não, Leona, sem telefone. Vocês ficarão ainda mais agitados se falarem um com outro e além do mais agora você vai terminar de ser maquiada e começaremos a vestir você. Ainda temos mais algumas fotos para fazer e…

Uma batida forte faz toda a equipe que está dentro do quarto conosco se assustar. Lauren abre a porta e a passos largos Lucca entra no quarto. Seu olhar cai direto em mim enquanto ele caminha em minha direção.

_ Lucca você não pode estar aqui! Oh! Céus! vocês dois não conseguem ficar longe? _ Lais dispara

_ Lucca você não pode estar aqui! Oh! Céus! vocês dois não conseguem ficar longe? _ Lais dispara

Lucca olha para ela irritado.

_ Preciso falar com a Leona, agora! Peço que todos se retirem e nos deixem à sós.

_ Ah! Não! Lucca você vai bagunçar ela e a deixará ainda mais abalada emocionalmente, pior do que ela já está…

_ Lais por favor…_ eu lanço um olhar nervoso para ela e caminho para Lucca que me abraça forte.

Lauren limpa a garganta e faz sinal para todos a seguirem. Lais sorri e balança a cabeça.

_ Vocês tem no máximo vinte minutos ou sairemos do cronograma do casamento e algo pode sair errado por interferirmos no tempo, Senhor DiSantis. _ Lauren nos adverte.

_ Tudo bem, basta que nos deem privacidade!

Eles saem e Lais é a última para fechar a porta, pelo reflexo do espelho vejo ela gesticular um “Faça ele gozar”. Dou uma risadinha e Lucca me encara sério. Eu analiso seu rosto bonito, ele está já vestido com o terno para o casamento, mas sem o casaco. Apenas a calça e camisa bem alinhados, gravata afrouxada, seus músculos visíveis sob o tecido.

_ Te faz rir meu desespero?

_ Não Lucca, estou rindo da Lais. Eu queria muito falar com você.

Ele sorri e aperta meu corpo no seu. Ele me beija lentamente e quando ele me solta eu suspiro em seus lábios.

_ O que está acontecendo com a gente?

Lucca puxa o cinto do meu roupão de seda, fazendo-o cair aos meus pés. Ele morde os lábios quando analisa a lingerie em meu corpo. A renda branca delicada contrastando com minha pele. Eu estou ofegante e ele solta um palavrão enquanto alisa a renda.

 Eu estou ofegante e ele solta um palavrão enquanto alisa a renda

_ Cazzo Leona non posso aspettare.

* Cacete Leona não posso esperar*

_ Lucca você não devia estar aqui. Dá azar o noivo ver a noiva antes do casamento…

Ele alisa a meia na minha coxa e sobe lentamente seus dedos entre minhas pernas.

_ Você não está com o seu vestido e hora alguma eu o vi. Então não existe azar querida. Eu preciso relaxar e sei que você também precisa de mim aqui dentro…

Ele desliza seu dedo para dentro e geme sentindo o quanto estou molhada.

_ Lucca vamos nos atrasar…

_ Deliciosamente molhada para mim. Eu serei rápido, será apenas para nosso alívio imediato. Temos a lua de mel para nos saciarmos.

Ele gira seus dedos em meu clitóris e eu me vejo empurrando meus seios contra ele. Que sorri e abaixa sua cabeça, ele desce delicadamente o bojo e sua boca molhada chupa meus mamilos.

_Lucca …

Eu libero sua ereção da calça e ele mordisca meu seio, subindo meu pescoço até invadir meus lábios com um beijo desesperado. Ele me levanta e apoia sobre o sofá. Ele pressiona sua ereção e entra até o talo me fazendo gemer. Os movimentos são intensos e passionais.

_ Eu te amo Lucca, te amo _ digo enquanto estou tremendo em sua ereção.

Ele aumenta os movimentos e goza me apertando nele.

_ Te amo querida. E você vai dizer o sim com minha porra dentro de você para te lembrar que você já é minha. E eu já sou completamente seu.

Meus espasmos contínuos em volta de sua ereção me impedem de dar qualquer resposta, meu orgasmo me faz ficar sem fôlego. Meu coração acelera e sinto meu corpo quase perder as forças. Lucca me segura ainda mais apertado em seus braços.

Com uma mão ele segura minhas costas me pressionando nele e a sua outra mão alisa meu rosto, meus lábios e ele me olha profundamente.

_ Você está bem?

Eu sorrio e tento recuperar meu fôlego organizando os meus pensamentos.

_ Eu estou bem e você?

_ Eu? Eu estou louco por você, eu te amo desesperadamente. _ ele morde meu lábio.

_ Eu estou falando sério. Você está bem, está mais calmo?

_Digamos que eu estou um pouco mais sereno. Mas só vou estar totalmente calmo quando estivermos em nossa lua de mel.

_Tudo bem, eu também só vou relaxar quando estivermos em nossa lua de mel. Mas se quisermos casar você precisa ir. _ ele concorda e sorri me beijando rapidamente.

Ele me ajuda a descer, eu me limpo rapidamente e coloco novamente meu robe enquanto assisto Lucca tentar fechar o zíper da sua calça com dificuldade pois ele ainda está pronto para uma segunda rodada. Ele sorri quando eu fixo meu olhar no volume em sua calça.

_ Estará dentro de você em breve novamente. _ ele pisca.

Convencido, adorável e todo meu, penso comigo. Ele começa a sair e eu puxo seu braço.

_ Espere! Você me enrolou e não me disse sobre a lua de mel. Estaremos aqui certo?

_ Você verá! Tenho que ir. Te espero no altar. Te amo.

Ele sai e me deixa sem respostas. Antes quando falávamos em nos casar no fim do ano, a lua de mel tínhamos pensado em vários lugares. Mas no final ainda estávamos indecisos. Eu queria tranquilidade era a minha única exigência. 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s