Amor Intenso Amor – Final

***3 meses depois… ****

Eu estava eufórica, nervosa e não conseguia esconder isto dele. Eu tinha que conseguir resolver tudo hoje. Aliso o vestido em meu corpo, calço meus saltos e desço as escadas. Ele está sentado no terraço, falando no telefone. Me aproximo lentamente e escuto ele com uma voz um pouco irritada.

 Me aproximo lentamente e escuto ele com uma voz um pouco irritada

_… Sem chances, Pietro escuta, eu não tenho paciência e você sabe disto. Eu já disse que terá que ser do meu jeito. _ ele faz uma pausa. _ Eu deveria ter quebrado a cara daquele imbecil novamente…

Ele leva o cigarro na boca e solta o ar pesadamente. Ele está atento ouvindo o que Pietro está dizendo e eu amaldiçoo que não esteja no viva voz. Ele então fala novamente.

_ … Não existe ninguém melhor do que eu para treiná-la. Ela está se saindo muito bem, seja em luta corporal como em atirar. Eu estou orgulhoso da Leona estar cada vez mais forte…

_ Senhora Leona? Lais está no telefone quer falar com você, desculpe por assustá-la. _ a voz atrás de mim me faz dar um salto e me virar rapidamente.

Me viro para Vincenza a nova governanta da casa, a mulher com lindos cabelos brancos que praticamente cresceu Lucca e está com a família dele todos estes anos. Carlota agora estava oficialmente morando com meu pai e eu estava muito feliz com isto, eles estavam na nossa casa da Ilha de Capri com Chiara e as babás. Lais e Paolo estavam em lua de mel, mas passariam por lá na volta.

Eu pego o telefone da mão de Vincenza, agradecendo-a. E escuto as risadinhas de Lais do outro lado da linha.

_ Você está me ligando da sua lua de mel e eu tenho que ouvir as safadezas de vocês dois? _ provoco-a.

Ela dá uma risada.

_ Não seja boba, não estamos fazendo nada, ao menos não neste momento…

_ Lais me poupe dos detalhes…

_ Claro, te conto tudo na volta. Agora vamos falar do que é mais importante, você já contou para o Lucca?

_ Não. Não quero falar aqui, ele está muito nervoso hoje e eu nem sei se é …

Lucca entra na sala e sorri para mim. E eu paro de falar para olhar para ele.

_ Lais eu preciso realmente ir, te envio uma mensagem. Beijos.

Eu não dou tempo de ela tentar responder e desligo. Ele me encara curioso.

_ Ela não está na lua de mel? E por que está te ligando?

_ Ela só queria saber se estava tudo bem com Chiara, ela teve um sonho… você sabe como ela é paranoica. Enfim… Vamos?

Ele ergue a sobrancelha e se aproxima de mim.

_ O que está te afligindo? Se for porque estou ajudando novamente a interpol com o planejamento…

_ Lucca eu tenho medo, mas…

_ Eu não vou em campo, não vou estar lá quando tudo acontecer, fique calma. Estou apenas ajudando no esquema…

_ Não é isto. Eu estou com medo, mas confio em você.

_ São os treinos não é mesmo? Estou pegando pesado com você?

_ Está tudo bem Lucca. Eu estou apenas sentindo falta da Chiara. E ir com você para a ilha me deixa agitada você sabe, vivemos tantas coisas lá. E eu não vejo a hora de estarmos lá.

Ele sorri e seu comportamento muda, ele me puxa contra o seu corpo e me beija com desejo.

_ A senhora DiSantis está com pressa de me sentir dentro?

Eu aliso sua ereção crescendo sob o tecido da calça.

_ Você me deixou sozinha esta manhã, então tive que me aliviar sozinha…

Ele sorri e puxa minha mão até sua boca, ele chupa meus dedos lentamente enquanto me encara com seus danados olhos azuis sedutores.

_ Você não devia ter tomado banho, eu queria sentir o seu gosto sem seus dedos…

_ Você poderá sentir tudo quando estivermos na ilha Senhor DiSantis…

_Talvez eu não queira esperar. _ ele alisa minha coxa subindo meu vestido.

_Nem pensar, se começarmos isto vamos demorar para irmos para a ilha e eu quero muito estar no lago com você em tempo do sol se pôr. _seguro sua mão.

_ Tudo bem. Eu vou ser um cavalheiro durante todo nosso trajeto até lá. Somente porque te prometi um pôr do sol e uma noite gostosa no iate e isto inclui muito vinho, muito sexo…_ ele beija meu pescoço.

Ele me puxa pela mão até a garagem, eu fico aliviada por ele dirigir e não termos companhia no carro e nem tempo livre para ele me provocar ou desconfiar.

Enquanto ele dirigia e prestava atenção na estrada eu repassava tudo na minha mente. E pensava também na conversa dele com Pietro, estava claramente acontecendo algo, mas ele não me diria nada obviamente. Seria este o momento? Mas eu tinha que acreditar nele, dia após dia ele tinha demostrado ser digno de estar comigo e Chiara. E a vida sem ele era algo que eu jamais sonhei que existia. Ele toca minha coxa, bem no momento que uma versão espanhola de Love in the Brain da Rihanna toca no rádio do carro. A música que dançamos no nosso casamento, ele me olha rapidamente de soslaio e sorri.

Este devia ser um sinal do destino, ele merecia isto e eu também.

Uma hora depois estávamos entrando no agora “nosso” Castelo da ilha de Garda, enquanto ele fumava seu black devil caminhou para pegar uma garrafa de vinho. Eu sabia que algo não estava bem, eu não precisava dizer nada, ele precisava me sentir estávamos nervosos por motivos diferentes. Precisávamos nos acalmar.

Eu me aproximo enquanto ele enche as taças, seu olhar passa por meu corpo, ele sorri.

_ Suas curvas me enlouquecem… cada dia mais gostosa…

_ Então venha aqui… vamos logo para o lago. _ eu apago seu cigarro

Ele sorri e me beija. Ele pega a garrafa e seguimos para o seu iate. Ele me ajuda a descer e eu me acomodo ao seu lado enquanto ele manobra a embarcação e pilota para o lago.

Meu coração está acelerado, ele para e joga a âncora. Ele me puxa para os braços dele e me beija com desejo. Eu sabia que precisávamos nos sentir mais do que falar. Nosso beijo se torna mais voraz e logo estamos ofegantes, eu estou pronta para ele, que está mais do que duro para mim.

Ele se senta e me puxa para o seu colo. Eu reluto e antes desço lentamente minha calcinha olhando em seus belos olhos, ele sorri e me puxa novamente, eu me encaixo em seu colo, enquanto sua boca passeia pelo meu pescoço ele libera sua ereção da bermuda. Ele segura meu quadril e eu me apoio em seu ombro quando deslizo sobre seu comprimento. Eu solto um gemido e novamente os lábios dele estão nos meus. Nossos movimentos são sincronizados, ele deixa meus lábios e me olha profundamente.

_ Abra os olhos querida, o sol está se pondo e eu estou dentro de você, ele está indo embora levando a luz, e eu saio da escuridão toda vez que percebo que você é minha… minha Leona, minha…

As palavras dele me deixam ainda mais emocionada, eu tento controlar seja o choro como o orgasmo, mas eu falho miseravelmente nas duas tentativas.

Eu olho o pôr do sol a nossa volta sentindo os espasmos me consumirem, os olhos de Lucca nos meus. Sua ereção fica ainda mais dura e ele goza após alguns movimentos ainda me arrastando com ele outra vez. Eu o abraço e ele me beija novamente. Ele se afasta e segura meu rosto em suas mãos.

_ Ei, Leona. Amore mio não chore, estou ficando louco em ver você nervosa todos estes dias… Eu fiz algo?

Eu me levanto tentando me recompor, ele fecha sua bermuda e me segue nervoso passando a mão pelos cabelos.

_ Leona fala comigo. Ti prego… Te imploro…

Era o momento de fazê-lo ver o que eu tinha preparado de manhã. Eu desço as escadas para a parte debaixo do iate e dou espaço para ele entrar. Ele me encara sem entender. Eu aponto a caixa em cima da cama e ele pega rapidamente abrindo sem ao menos tentar entender. Ele pega o papel e começa a ler, tremendo sem parar ele me olha.

Ao meu querido Papai,

Eu espero que você esteja preparado, pois estarei em breve em seus braços.

E não se preocupe que eu vou te ajudar a proteger mamae e minha irmã.

Eu já te amo muito.

Com amor do seu filho…

Dentro da caixa o teste de gravidez e um macacãozinho escrito “little Wolf“, pequeno lobo.

Dentro da caixa o teste de gravidez e um macacãozinho escrito "little Wolf", pequeno lobo

Lucca cai de joelhos na minha frente e abraça a minha cintura. Ele sorri, mas seus olhos estão cheios de lágrimas. Eu aliso seu rosto enquanto ele beija meu ventre.

_Eu achei que você queria esperar mais, faz três meses que casamos e você parecia decidida…

_ No nosso primeiro dia de Lua de mel, eu desisti do contraceptivo já que você tinha me pedido antes, eu quis deixar acontecer de forma natural, no tempo certo. Eu esperei para ter certeza, para fazer o teste, para saber que estava tudo bem, espero que você entenda, nem eu tinha certeza de nada até duas semanas atrás, e desde lá tenho tentado encontrar um momento certo para te surpreender…

_ Eu estou imensamente feliz meu amor. E você fez tudo de maneira perfeita. Um menino Leona, vamos ter um menino, precisamos pensar em um nome…

_ Lucca, eu já pensei em um nome, talvez você …

Ele se levanta e alisa meu rosto, uma de suas mãos alisando minha barriga.

_ Tudo bem amor, fale…

_ Francesco…

Ele para de alisar minha barriga e seu olhar para no meu. Ele está emocionado novamente.

_ O nome do meu irmão…ele ficaria feliz pela homenagem e eu … eu não encontro palavras para te dizer o quanto estou feliz, o quanto isto é lindo.

Ele me puxa para mais perto e me beija delicadamente no início, mas o beijo vai se aprofundando e eu estou em êxtase com sua boca na minha.

_ Eu preciso fazer amor com você…

_ Sim, agora lobo…

Ele sorri e abre o zíper do meu vestido, ele desce sua bermuda e me deita na cama. Ele delicadamente alisa meu corpo e me cobre de beijos, me fazendo ofegar a cada toque seu. Ele demora longos minutos explorando cada parte de mim sem pressa alguma.

Ele lambe meus mamilos e eu arqueio meu corpo contra o dele. Eu aliso sua ereção que agora está pulsando entre nós e ele geme em meus lábios.

_Eu preciso te sentir …

Ele não diz nada, ele se posiciona entre minhas pernas, lentamente ele as afasta mais e eu sinto a pressão de seu comprimento entrar vagarosamente dentro de mim.

_ Lucca…

_ Eu quero te amar, cada pedacinho de você…

Ele alisa meu rosto, seus quadris colados em mim, mas nenhum movimento, ele inchando dentro de mim e eu implorando por mais e mais. Até que ele começa suas estocadas sem nunca interromper nosso contato visual. Eu arranho suas costas, mordo seu ombro, minhas pernas em volta de sua cintura o trazendo para mais perto, mais dentro, mais meu. Ele acelera mais os movimentos e me beija e eu não resisto molhando sua ereção, ele geme e não consegue mais manter o controle, me preenchendo com seu gozo.

Deitamo-nos ofegantes, um olhando para o outro, abraçados. Tudo desta vez seria diferente, ele acompanharia cada passo da gravidez. Nossa vida estava deixando de ser promessas e se tornava uma realidade maior a cada dia. E agora com nossa família crescendo eu só podia pedir que tudo continuasse em paz para continuarmos a sermos felizes com o nosso amor intenso, amor…

fim

fim
Capa provisória 
Capa provisória

Quote

Eu sentia a fúria no olhar de Lucca, estava claro para ele que eu não deveria estar aqui

Eu sentia a fúria no olhar de Lucca, estava claro para ele que eu não deveria estar aqui. Mas agora ele não poderia dizer nada. Hora do show querido, penso comigo. Eu caminho lentamente em sua direção, o ar parece pesado entre nós. Nada em nossa volta poderia nos interromper, quando me aproximei o bastante, seus braços fortes me envolveram e ele me arrastou para a pista de dança. O tango dançado com Lucca tinha sempre mais paixão, mais fogo, mais desejo. E desta vez não era diferente mas tinha o adicional que no final da noite ele estaria brigando comigo em lençóis de seda, me fazendo gritar seu nome. Com sua necessidade continua de sempre me fazer sua, da mesma forma que ele se doava inteiro para mim.

Tudo isto poderia acontecer, mas teríamos que sair desta sala cheia de mafiosos, com vida…

Continua em breve…

Afrodite Les Folies

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s